Dificuldades na amamentação

Em alguns casos, é mais difícil dar o peito ao bebê

Guiainfantil.com 03 de fevereiro de 2016

A amamentação pode ser mais difícil para algumas mães, mas não impossível. Não se deve dar espaço para o desespero. Há que insistir e não desistir jamais. No Guiainfantil.com te contamos quais as dificuldades que podem se apresentar durante a amamentação, para que possa enfrentar a elas.

É possível amamentar dois irmãos gêmeos, por exemplo. O estímulo da sucção será duplo, com o qual, exigirá duplo produção de leite materno. Mas isso é totalmente possível. É tudo uma questão de experimentar diferentes posições e de procurar o que é mais conveniente para ambos os lados.

A subida do leite após o parto natural ou cesariana

Partos através de cesariana, a “subida do leite’ costuma demorar um pouco mais, mas não se deve deixar de oferecer o peito ao bebê. Há que se pensar que o leite materno é o melhor alimento que as mães podem oferecer ao recém-nascido. No caso de que exista um problema específico, como parto prematuro, lábio leporino, síndrome de Down, entre outros, é aconselhável que consulte o seu pediatra. Tudo é possível se houver força de vontade. Além disso, as técnicas e conhecimentos sobre a amamentação podem ser encontrados em grupos de apoio à amamentação e até mesmo em experiências de outras mães.

Recomendações para dar o peito ao bebê

– Higiene do peito: quanto à higiene do peito na hora de amamentar o bebê, o único é a realização de um duche diário. Não é necessário lavar os seios com sabonete depois de cada tomada, basta secá-los. Além disso, também podem ser de grande utilidade, os discos absorventes, mudando tantas vezes como seja necessário. Da mesma forma que há que lavar as mãos antes de comer, na hora de amamentar a criança deve ser aplicada a mesma rotina.

Maus hábitos: se a mãe é fumante, este é um bom momento para considerar deixá-lo. Se for impossível, é melhor fumar logo após a tomada e não fazê-lo na presença da criança. Sempre será melhor do que dar leite artificial.

As crianças que permanecem em ambientes com fumo têm maior incidência de infecções respiratórias e asma. O mesmo pode ser aplicado ao álcool, mesmo se a mãe só bebe ocasionalmente e de forma moderada, provavelmente não lhe custa nenhum esforço deixá-lo por completo.

– Alimentação: a mãe não precisa de variar seus hábitos de comida ou de bebida. É possível que a mãe tenha mais sede, mas não é necessário beber à força. Apenas no caso de alergias, poderá ser necessário excluir algum alimento da dieta da mãe.

– Evitar a mastite: em algumas ocasiões, pode ser útil para que a mãe aprenda a extrair o leite, bom para salvá-la, e que alguém alimente o bebê quando a mãe não puder fazê-lo, ou para aliviar as dores produzidas por um acumulo de leite excessiva em períodos em que o apetite do bebê diminui, evitando assim que ocorra uma mastite.

– Guardar o leite materno: a extração do leite pode ser feita de forma manual ou através de um sacaleches (consulte o seu médico, parteira, enfermeira de pediatria ou especialista em amamentação). O leite materno pode ser mantido em geladeira por 2 dias e congelada entre 3-6 meses em função da temperatura.

– Ajuda externa: um trabalho difícil ou estressante pode interferir com o aleitamento materno, de modo que é extremamente benéfica qualquer ajuda que possa ser oferecida à mãe para fazer o download de outro tipo de tarefas, como podem ser as tarefas domésticas, quer por parte do pai ou de outros membros da família. A ajuda, o apoio e a compreensão do pai e de outros familiares (avós, irmãs, amigos) são elementos essenciais para o bom desenvolvimento da amamentação.

Fonte consultada:
– Aeped.é

O aleitamento materno previne o câncer de mama

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Bebês
  4. Dificuldades na amamentação

Relacionados

BebêsSaúdeBebêsBebêsBebêsBebéslactancia materno o leite materno, a amamentação dar o peito truques para amamentar mastite sacaleches peito

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Leave a Reply