Educar as crianças para uma sexualidade saudável

Educar as crianças para uma sexualidade saudável

Guiainfantil.com 15 de fevereiro de 2016

O bebê desde muito cedo começa a tomar consciência de seu próprio ser, como um indivíduo diferente de sua mãe, por isso a poucas semanas fica hipnotizado olhando para suas próprias mãos e as leva à boca com a fruição, também o conhecimento de sua sexualidade começa normalmente a partir dos dois anos de idade, momento em que começam a comparar e observar suas diferenças anatômicas com o outro sexo e ter curiosidade por seus órgãos genitais.

O sexo está presente desde o nascimento, e é comum que tanto a meninos como a meninas-lhes interessa e lhes chame a atenção para o peito de sua mãe e o pau de seu pai. É muito normal que, assim como faziam com as mãos, querem explorar seus órgãos genitais, especialmente quando eles começam a ter interesse por o xixi e o cocô.

Diretrizes para educar as crianças na sexualidade

– A masturbação é muito comum entre as crianças. As crianças, às vezes, começam a tocar seus órgãos genitais aos 18 meses de idade, tendência que se firma-se quando as crianças atingem os 3 ou 5 anos e depois diminui em freqüência até a puberdade. As crianças se masturbam por prazer, para tranquilizar-se, ou simplesmente para ser explorado, um ato que parte da curiosidade natural que sentem pelo seu corpo.

Podemos ter várias formas de proceder, mas, desde então, não devemos nos dar as mãos à cabeça, se o nosso filho descubra o prazer de manipular seus órgãos sexuais, nem pensar que é anormal para uma criança tão pequena. Nossa atitude deve ser natural e relaxada, sem que a criança associe o ato de descoberta, ou desfrute de seus órgãos genitais com algo negativo ou proibido.

– Dependendo da idade poderemos falar mais ou menos claramente sobre aspectos sexuais, mas o fundamental é controlar e vigiar que a criança não está preso com o tema. As crianças não devem antecipar etapas de desenvolvimento, e que, sem nervos, temos de oferecer opções de entretenimento, e outras vias de prazer e de relaxamento para a criança.

– Além disso, devemos ensiná-los correctos hábitos de higiene, com seus órgãos genitais (para evitar que os manipulados com as mãos sujas, protegê-los com a roupa interior a todo o momento e ensiná-los, progressivamente, a preservar a sua intimidade: usar o banheiro, vestir-se depois do banho e não mostrar os genitais quando são já algo mayorcitos.

– l respeito para com a intimidade dos outros também é importante: a criança deverá respeitar o corpo dos outros, sejam adultos ou crianças. O dedo e a exploração próprias são normais, mas devem entender que isso é parte de sua intimidade, e não deve fazê-lo extensível a outras crianças.

– Algo que é fundamental é que as crianças não tenham influências externas, que lhes levem a tentar imitar comportamentos sexuais adultas, jamais devemos deixar que uma criança possa ver imagens pornográficas ou aquelas para as quais não estão preparados psicologicamente e que mostram uma sexualidade impulsiva e falta de afeto.

– Para uma sexualidade saudável, devemos fazê-los entender que o comportamento sexual é uma demonstração de amor sublime e única entre os mais velhos (os beijos, os abraços ou outras demonstrações de carinho entre a mãe e o pai é a consequência natural de que se querem).

– Em qualquer caso, devemos evitar que mostrem obsessão por experimentar com seu próprio sexo, já que, muitas vezes, é um reflexo de sua impulsividade ou de que a criança está vivendo situações de tensão ou solidão.

Pai Gabaldon

Como dar aos filhos uma educação sexual saudável

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Sexo
  4. Educar as crianças para uma sexualidade saudável

Relacionados

SexoCozinha com criançasSexualidadeSexualidadeEducaçãoSexualidadsexualidad infantil educar a sexualidade masturbação infantil intimidade falar de sexo nascem os bebês relação sexual

6 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Leave a Reply