O dormir junto oferece mais benefícios do que riscos para o bebê

O dormir junto: mais benefícios do que riscos para o bebê

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com11 de janeiro de 2016

Os pais sempre estamos com o mesmo. Devemos levar nosso bebê nos braços, ou não? Devemos deixar que durma com ou sem luz? É aconselhável que deixemos nosso bebê dormir na nossa cama? O dormir junto, como é mais conhecida essa prática, é como tudo, tem vantagens e desvantagens, mas acho que é uma opção válida e que cabe a cada família escolher e decidir como dormir em sua casa. Minha filha veio para a nossa cama durante a noite, um par de anos, e acho que isso não comprometeu em nada o seu desenvolvimento.

Quando o bebê dorme com os pais

Pais e filhos devem ou não compartilhar a mesma cama? Esta é uma prática muito antiga e uma discussão que a cada dia desperta mais o interesse dos pais e especialistas. Há muitas reflexões a respeito. Os defensores de dormir com o bebê, normalmente defensores também do aleitamento materno, argumentam que as crianças que dividem a cama com sua mãe e mamam mais vezes do que os que dormem sozinhos e, além disso, que é uma prática muito eficaz para estimular o apego e o vínculo entre pais e filhos.

Os que vão contra esta prática alegam que pode aumentar o risco de morte súbita ou asfixia, alterar os hábitos de sono em fases posteriores da vida do bebê e até mesmo dificultar a independência ou interferir na relação entre os pais. A pediatra de atenção primária, a Dra Maria Aparicio, diz que não se pode confirmar que é uma prática segura, especialmente durante as primeiras 14 a 20 semanas de vida do bebê. O ideal, segundo ela, é que os lactentes menores de 6 meses dormir em um berço próxima ou junto à cama de seus pais.

Ter o bebé próximo pode favorecer o estado de alerta dos pais diante de possíveis casos de apnéia durante o sono. Ela também destaca que o dormir junto é contra-indicado perante o consumo recente de álcool, drogas ou medicação que induz um sono mais profundo em que compartilham a cama com o pequeno, e, mais ainda, no caso de que algum dos pais, ou de ambos, fume ou durma com seu pequeno no sofá.

Por outro lado, acho que as crianças que escapam da cama de seus pais, o faz para procurar abrigo, refúgio, uma “caverna”, algo assim como a bolsa de uma mãe canguru. São como os bebês prematuros em uma incubadora, esperando o contato com a mão de sua mãe ou pai. Se deixar que o seu filho durma em sua cama, não se esqueça de que você não deve abrigarle em excesso nem taparle a cabeça com o lençol ou cobertor.

Eu, muitas vezes, sinto falta daquela fase em que minha filha veio para a nossa cama para dormir conosco. Por isso, sigo pensando que cada criança é um mundo e as necessidades de uns pode não ser as de outros. Isso sim, se estão de acordo com o que seu filho durma com vós, faça-o com responsabilidade e muito cuidado.

O dormir junto, quando a criança dormir com os pais

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Sonhos
  4. O dormir junto oferece mais benefícios do que riscos para o bebê

Relacionados

SonhosSonhosSonhosEducaçãoBebêsBebéscolecho dormir na cama dos pais e bebê prematuro, bebê nos braços creche amamentação morte súbita apego afetividade criança rouca

2 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Leave a Reply